A SELIC abaixou, e agora?

O QUE É TAXA SELIC?

A Taxa Selic é uma alíquota definida pelo Copom[1] com o objetivo de servir como parâmetro para operações financeiras. Também possui função monetária e pode ser empregada para conter a inflação ou para estimular o consumo no mercado brasileiro.[2]


Essa alíquota é importante por vários motivos financeiros, monetários e econômicos, por isso vale ficar de olho para entender o que esperar do mercado nos próximos períodos.


Basicamente se trata de um cálculo da taxa média ponderada de juros que são praticados por instituições financeiras, utilizada para controlar a emissão, compra e venda de títulos públicos.[3]



COMO A SELIC INFLUENCIA OS INVESTIMENTOS?

A Selic pode afetar a rentabilidade de seus investimentos. No que tange o Tesouro Direto, por exemplo, alguns tipos de títulos públicos têm suas rentabilidades diretamente associadas à taxa básica de juros. Dessa forma, o rendimento é semelhante ao comportamento do índice Selic, ou seja, se ele aumentar, os retornos de seus títulos também sobem e vice-versa.


Quando a taxa diminui cria-se um cenário positivo para solicitação de empréstimos, uma vez que a tendência é a redução das taxas de juros, tornando o crédito mais acessível à população.


Ademais, este cenário reduz a remuneração oferecida por Títulos Públicos indexados à Selic e aplicações de Renda Fixa como Tesouro Direto, CDBs Poupança, entre outros.



NOVAS OPORTUNIDADES

A redução da Taxa Selic pode trazer uma série de possibilidades para quem quer investir, acarretando em oportunidades de estímulo para a economia e reaquecimento do mercado.

Dessa forma, muitos migram para os investimentos de Renda Variável. Dentre estes, temos o mercado de ações, câmbio, fundos imobiliários e de commodities em geral.


Na Renda Variável, o impacto da Selic é uma caixinha de surpresas. Como a bolsa se comporta de um modo próprio, é preciso analisar a situação de cada empresa listada.


Para aumentar o patrimônio, a Selic baixa significa se livrar ao máximo de taxas e tributos. As ações podem apresentar maior rentabilidade e liquidez, mas devemos nos atentar aos riscos.


Por isso, a maior dica é diversificar seus investimentos. Busque uma combinação de carteira dentro das possibilidades do seu perfil de investidor e do seu apetite ao risco. Por fim, é importante contar com o auxílio de um profissional competente e especializado para garantir melhor retorno e evitar quaisquer dores de cabeça futuros.



IMPOSTO DE RENDA sobre renda variável

Para aqueles que possuem aplicações na bolsa, é fundamental realizar a apuração. Para saber mais clique aqui para ler nosso post sobre Imposto de Renda - Renda Variável.


A apuração serve para controlar seus rendimentos, compensar prejuízos, evitar pagamento de multas por atraso e muito mais.


Aqui na Leroy você conta com um suporte personalizado. Temos o plano ideal para você! Confira aqui nossos planos ou solicite um orçamento.

[1] Comitê de Política Monetária. [2] Blog Rico. [3] Jus Brasil.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo