Mudanças Previstas na Tributação de Bolsa - INVESTIMENTOS

Primeiro post da sequência sobre "Mudanças na Tributação da Bolsa". Hoje falaremos um pouco sobre aquelas relativas aos INVESTIMENTOS!


Confira aqui:



Tesouro Direto, CDB, Fundos de renda fixa e multimercados

  • Como é?

Tabela varia de 22,5% a 15%, com a menor alíquota quanto ativos do fundo tem prazo médio acima de 2 anos.

  • A proposta:

Alíquota única de 15%.



Come-cotas

  • Como é?

Só vale para fundos renda fixa e multimercado de varejo, e é aplicado em maio e novembro.

  • A proposta:

Valerá para todos os fundos, inclusive exclusivos, mas será aplicado apenas em novembro.



Fundos de investimento imobiliário - rendimentos

  • Como é?

Isento.

  • A proposta:

Alíquota de 15%.



Compra e venda de ações

  • Como é?

Day-trade paga 20%, outras operações pagam 15% - com isenção em venda de até R$ 20 mil por mês.

  • A proposta:

Todos pagam 15%.



Apuração e compensações de transações em Bolsa

  • Como é?

Apuração mensal, e só podem ser feitas com operações de mesma natureza e alíquota.

  • A proposta:

Apuração trimestral, e compensações podem ser feitas livremente.



Distribuição de dividendos

  • Como é?

Isenta.

  • A proposta:

Alíquota de 20%, com exceção de micro e pequenas empresas até R$ 20 mil/mês.



Qual a sua opinião sobre essas mudanças? Nos conte nos comentários :)


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo